Historico
Proxima Pagina do Historico
Anterior Pagina do Historico
Engenharia
Ambiental
Petroleo e Gas
Home
Historico
Contato
Nascido em Campinas em 1851, parte para a Europa, onde estuda Engenharia e Arquitetura na cidade belga de Gante. O curso é totalmente voltado à instrução técnica e à construção. Paralelamente à universidade, Ramos de Azevedo completa algumas disciplinas sobre determinadas áreas e práticas da arquitetura, como desenho, artes aplicadas e decorativas, na Academia Real de Belas-artes.

Em Gante, o curso de Engenheiros Arquitetos nasce com o propósito de dotar a Bélgica de profissionais capazes de modernizar e desenvolver a infra-estrutura do país, em plena explosão da indústria, tendência em todo ensino europeu. A ênfase é totalmente dada para as disciplinas de caráter técnico, para as necessidades e desafios da sociedade industrial.
A sobrevivência do arquiteto na sociedade moderna depende de sua capacidade de adaptação a uma nova situação que exige dele, além de suas habilidades artísticas tradicionais,conhecimentos de física, de propriedades dos materiais e técnicas construtivas. Esse aprendizado, em uma das melhores escolas da Europa, irá influenciar decisivamente toda obra de Ramos de Azevedo no Brasil.

Na volta, poucos anos depois de formado, transfere-se de Campinas para São Paulo, já seduzido pelas ofertas de projetos que começam a surgir na cidade grande. Passa a receber encomendas para construir tanto edifícios para o setor público como casas para a crescente elite paulistana.

A cidade começa a experimentar um surto de desenvolvimento, trazido pela economia do café e pelo início do setor industrial e há carência de mão-de-obra qualificada, capaz de construir grandes obras de fino acabamento e qualidade artística.