Historico
Proxima Pagina do Historico
Anterior Pagina do Historico
Engenharia
Ambiental
Petroleo e Gas
Home
Historico
Contato
Azevedo se une ao engenheiro Antonio Francisco de Paula Souza, também formado na Europa, que, junto de um grupo de aristocratas paulistas, que compartilhavam a mesma visão de progresso e desenvolvimento, fundam a Escola Politécnica. Ramos de Azevedo é o idealizador do curso de Engenharia e Arquitetura, exatamente como havia cursado em Gante. Seu objetivo era unir o ensino científico e rigoroso da engenharia de construção ao ensino artístico da arquitetura, como aprendera na Academia. A Escola é inaugurada em 1894, no antigo solar do Marques de Três Rios.

Para mudar a paisagem de São Paulo, Ramos de Azevedo precisou formar mão-de-obra especializada, intervir na educação, na forma de construir, nos materiais. O Liceu de Artes e Ofícios, reativado, torna-se um marco na reforma do ensino. Incentiva, ainda, a abertura de indústrias para a produção de matéria-prima, como, por exemplo, a Cerâmica Vila Prudente, fundada em 1910 com sócios italianos.